UNDIME/MT

30/09/2020


Buscando apoiar escolas municipais de todo o país a planejar a retomada às aulas presenciais a partir de uma visão de acolhimento dos professores e estudantes e desenvolvimento das suas competências socioemocionais, o Instituto Ayrton Senna e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) lançam, no dia 2 de outubro, o “Volta ao Novo – Programa de Desenvolvimento de Competências Socioemocionais”.

A iniciativa busca oferecer apoio às secretarias municipais de educação em relação às competências socioemocionais, ressaltando a importância delas para o retorno às aulas presenciais e o acolhimento da comunidade escolar, considerando os possíveis efeitos do isolamento social para o bem-estar de estudantes e educadores.

O Programa será disponibilizado para as 5.568 secretarias municipais de educação de todo o país. O Instituto Ayrton Senna ofertará às redes conhecimentos com base em evidências sobre competências socioemocionais, construídos ao longo dos seus 25 anos de história. No encontro de lançamento, que estará aberto à participação de dirigentes municipais de educação, membros das equipes técnicas das secretarias municipais de educação e professores e demais profissionais da educação, participarão Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna, e Luiz Miguel Martins Garcia, presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Sud Mennucci (SP). Após lançado, o programa oferecerá um circuito de encontros online com o tema das competências socioemocionais, dos quais participaração os representantes indicados pelas seccionais da Undime – 78 profissionais. Por meio de workshops, tais representantes assumirão o compromisso de atuar como multiplicadores em seus respectivos estados.

Partindo da necessidade de acolher toda a comunidade escolar no retorno à escola, mas principalmente os professores, o projeto traz um olhar especial ao desenvolvimento socioemocional dos educadores e membros das equipes das secretarias municipais de educação. Ao disponibilizar conteúdos sobre o tema e oferecer apoio às secretarias municipais de educação, a iniciativa busca fazer um sobrevoo nas cinco macrocompetências trabalhadas nas iniciativas e programas do Instituto Ayrton Senna, consideradas fundamentais para o desenvolvimento pleno de todos. São elas: resiliência emocional, amabilidade, abertura ao novo, engajamento com os outros e autogestão. Além dos workshops exclusivos para o desenvolvimento e acompanhamento dos profissionais indicados pelas seccionais da Undime para atuarem como multiplicadores, serão produzidas lives abertas, das quais a sociedade em geral, os professores e demais profissionais da educação, bem como as famílias e estudantes, poderão participar para melhor compreensão sobre o desenvolvimento de competências socioemocionais.

Nas transmissões ao vivo, a proposta é realizar um mergulho sobre o que são cada uma dessas competências e qual é a importância delas nos momentos de crises, tanto para a aprendizagem quanto para os demais desafios da vida. Ao final de cada conversa, será disponibilizado no site do Instituto e da Undime materiais de apoio sobre a macrocompetência discutida naquela semana. Os conteúdos fazem uma retomada conceitual sobre cada uma delas e sugerem maneiras para que os professores possam desenvolvê-las em si mesmos e em seus estudantes.


O primeiro módulo abordará a macrocompetência da Resiliência Emocional, que envolve as competências de tolerância à frustração, tolerância ao estresse e autoconfiança, fundamentais para tempos de incertezas e de constantes mudanças.

Para saber mais sobre a parceria e acessar conteúdos sobre as competências socioemocionais em contextos de crise, acesse: https://institutoayrtonsenna.org.br/ptbr/socioemocionais-para-crises.html e https://undime.org.br/

Videoconferência - “Volta ao Novo – Programa de Desenvolvimento de Competências Socioemocionais”
Data: 2 de outubro de 2020
Horário: 15h (de Brasília)

14/09/2020

 

“O Planejar e a Reorganização Pedagógica na Gestão Municipal da Educação para 2021”.

O objetivo deste evento é proporcionar aos Dirigentes Municipais de Educação, aos Coordenadores Pedagógicos, Técnicos das Secretarias Municipais de Educação e aos profissionais docentes e não docentes o aprimoramento de seus conhecimentos, para assumir compromissos com o esforço coletivo e colaborativo, com vista ao replanejamento e reorganização da gestão municipal  da educação e da saúde durante e pós pandemia;  propor estratégias eficiente para fortalecer o processo de formação contínua do corpo docente e não docente das unidades escolares, através do planejamento de momentos pedagógicos que levem a reflexões, discussões, além de suscitar questões que promovam ações que contribuam diretamente para a ampliação de conhecimentos e a melhoria  da educação com promoção da aprendizagem com vistas a garantia dos direitos e deveres para uma educação de qualidade.


Clique aqui para assitir




10/09/2020

Dos municípios respondentes, 4.114 (96%) afirmaram que estão oferecendo atividades pedagógicas não presenciais aos estudantes durante o período de calamidade pública, causada pelo novo coronavírus e 158 redes municipais disseram não oferecer tais atividades.  Leia mais!


volta às aulas


A Escola Superior do MPSP e o Grupo de Trabalho de Enfrentamento à COVID-19 do Gabinete do PGJ - Comitê Temático de Educação promoveu o webinar "A problemática da volta às aulas o contexto da atual pandemia", o qual foi transmitido ao vivo pelo YouTube da ESMP nesta quarta-feira (09/09), às 09h. 

A partir de entrevistas em profundidade com secretários de Educação de 20 redes de ensino – 16 municipais e 4 estaduais –, o Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede) e o Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB) traçaram um panorama sobre o planejamento para a voltas às aulas no País, mostrando quais os aspectos que estão mais ou menos avançados. Os resultados estão disponíveis no estudo “Planejamento das redes de ensino para a volta às aulas presenciais: saúde, permanência e aprendizado”, divulgado no dia 28 de agosto (sexta-feira). Leia mais!