UNDIME/MT

01/11/2019

Novo sistema do FNDE auxilia a gestão dos recursos educacionais e aumenta a transparência

   


Siope Gerencial permite pesquisas diversas sobre investimentos em educação e cruzamento de dados com índices educacionais

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) criou uma nova ferramenta de auxílio aos gestores da área educacional e de transparência sobre os investimentos em educação. O Módulo Gerencial do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope Gerencial) permite acesso rápido a indicadores de investimento em educação, possibilita cruzamento desses dados com índices educacionais, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), taxas de aprovação, reprovação e abandono, e ainda propicia comparativos com outros diversos indicadores produzidos pelo Siope.

O intuito é trazer mais agilidade na busca por dados sobre recursos da educação, auxiliar o planejamento e a gestão educacional, além de dar transparência aos investimentos na área educacional, já que o sistema é aberto a toda a sociedade. “O Siope Gerencial é uma forma mais atrativa e clara de exibir o uso dos recursos”, afirma o coordenador-geral de Operacionalização do Fundeb, Fábio Ibiapina.

De fácil manejo, o módulo gerencial permite, por exemplo, que o usuário veja se o ente federativo cumpriu a norma constitucional de investir no mínimo 25% da receita de impostos e transferências em manutenção e desenvolvimento do ensino, ao mesmo tempo que mostra a utilização dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e o respectivo Ideb.

A pesquisa também pode ser feita por grupo de municípios, por estado ou em todo o país. Além disso, o Siope Gerencial indica o percentual de investimento em áreas específicas, como alimentação escolar, por exemplo, comparado ao total investido em educação.

As informações disponibilizadas no sistema englobam dados desde o ano de 2005, que podem ser pesquisados de forma individual ou agrupados e com o uso de diversos filtros, como ano de exercício (série histórica), esfera administrativa (Estadual ou Municipal), região, mesorregião, microrregião e por faixas de população. Ainda, é possível efetuar comparação entre vários municípios.

As informações são visualizadas por gráfico de barra, linha, tabela ou relatório detalhado.

Fonte/ Foto: FNDE