UNDIME/MT

14/11/2019

Comissão de Educação aprova capacitação em letramento computacional de professores

   


A Comissão de Educação (CE) aprovou nesta terça-feira (5) um projeto que amplia a lista de objetivos dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs). De acordo com o PL 2.342/2019, eles devem oferecer aos professores da rede pública de ensino capacitação técnica em letramento em programação computacional.

O relator foi o senador Confúcio Moura (MDB-RO). Ele argumenta que o letramento em programação surgiu no âmbito do Instituto Ayrton Senna. A matéria apresenta conceitos, práticas e perspectivas de pensamento computacional para crianças e jovens, usando atividades e ferramentas adequadas para cada faixa etária. Por meio da formação de educadores, proporciona uma introdução à Ciência da Computação, como uma espécie de alfabetização em linguagem computacional voltada aos alunos das redes públicas.

— Os Institutos Federais são centros de excelência nas áreas científica e tecnológica, atuam desde o ensino técnico de nível médio até a pós-graduação. Considerando esta atuação, é apropriado incluir entre suas finalidades o desenvolvimento de ações de letramento em programação computacional, oferecendo capacitação técnica e atualização pedagógica para os professores — disse Confúcio quando da apresentação do relatório.

Atualizados em Computação

O senador também elogiou a autora do projeto, senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE). Destacou a importância de o Estado “proporcionar ao cidadão formas de se manter em contato com as inovações tecnológicas, disseminando este conhecimento aos jovens da educação básica”. O projeto pode seguir para a Câmara, a menos que haja um recurso para que seja analisado antes pelo Plenário do Senado.

Fonte: Agência Senado/ Foto: Edilson Rodrigues, Agência Senado