UNDIME/MT

06/04/2018


No dia 10 de abril, às 16h, assista ao vídeo sobre Programa Mais Alfabetização.
Será realizado com MEC e CONVIVA. Fiquem atentos!! Não Percam!
Acompanhe ao vivo no Facebook Conviva
Basta Clicar no link: https://www.facebook.com/convivaeducacao/

05/04/2018



A busca pela garantia dos direitos de aprendizagem previstos para toda criança matriculada nos dois primeiros anos do ensino fundamental une o Ministério da Educação (MEC) às secretarias municipais, estaduais e distrital de educação, por meio do Programa Mais Alfabetização. O Programa será implementado nas turmas de 1º e 2º anos do ensino fundamental das unidades escolares públicas, por meio de articulação institucional e cooperação com as redes de ensino, e com apoio técnico e financeiro federal. Juntos, o MEC e as secretarias de educação do país empreendem esforços para superar os desafios apresentados na alfabetização das crianças brasileiras.

Veja o vide o saiba mais sobre o programa. clique aqui.

03/04/2018


Um Pouco da História

A partir de uma iniciativa do Ministério da Educação, surge em outubro de 2015 a proposta de reunir e disponibilizar, em um único lugar, os Recursos Educacionais Digitais dos principais portais do Brasil. Com o objetivo de melhorar a experiência de busca desses Recursos, a Plataforma foi desenvolvida numa parceria coletiva entre: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e professoras(es) da Educação Básica de todo o Brasil. Assim, a Plataforma MEC pretende se tornar uma referência em Recursos Educacionais Digitais, como um ambiente de busca, interação e colaboração entre professoras(es)!

Faça parte deste espaço de colaborativo você também!

Conheça, clique aqui


Foi liberada a cota-parte do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) destinada à Assistência Social – de R$ 400 milhões –, por meio da Portaria 1.324/2018. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) traz esclarecimentos aos gestores e denuncia manobra do governo em relação ao critério de repasse e à forma engessada de utilização do recurso. A entidade alerta: o dinheiro deve ser usado em consonância com a Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais, com os respectivos Plano de Assistência Social e Plano de Ação e com as demais normativas vigentes. 
Como foi definido que o repasse do AFM seria fundo a fundo, a CNM lembra que transferência desses recursos aos cofres municipais será pelo Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) aos Fundos Municipais de Assistência Social (FMAS). A entidade destaca ainda que a verba deve ser disponibilizada para utilização dentro dos blocos de financiamento dos Serviços e Gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas), ou seja, para custeio de serviços e investimentos na gestão. Leia Mais


02/04/2018


O 2º Encontro de Gestores Municipais de Educação de Mato Grosso, contou com a participação de 98 Secretários Municipais de Educação e 97 entre Técnicos, Coordenadores e Assessores.
Registramos também a participação de 4 prefeitos, prestigiando as palestras e discussões acerca dos assuntos da educação.
Todos os arquivos apresentados durante o evento já estão disponíveis para baixar, juntamente com as fotos e os certificados. Agradecemos a participação de todos.

Clique aqui, baixe os arquivos.

Baixe as fotos clique aqui.