UNDIME/MT

29/07/2016

Depois de tanto trabalho, chegou a hora de enviar os textos!
A 5ª edição da Olimpíada de língua Portuguesa Escrevendo o Futuro segue a todo o vapor! Ao longo deste ano, muito trabalho foi realizado nas escolas: professores de língua portuguesa de todo o Brasil desenvolveram atividades com seus alunos e muitos textos foram escritos e reescritos. Chegamos à Etapa Escolar, ocasião para dar visibilidade ao trabalho desenvolvido nas salas de aula.
Todos os professores que se inscreveram poderão enviar os textos até o dia 19 de agosto. leia mais...
Olímpia é uma professora apaixonada pelas palavras e estudiosa da Língua Portuguesa, que responde semanalmente a perguntas de professores sobre práticas de ensino da leitura e da escrita. Venha conversar com ela. Envie a sua pergunta para escrevendofuturo@cenpec.org.br! leia mais

28/07/2016

Enviamos email de confirmação a todos os inscritos para a Ação Formativa da Undime-MT e Instituto Lemann, que acontecerá nos dias 01 a 04 de Agosto, o local do evento está definido na UAB de Cuiabá. (endereço: Rua Comandante Costa, 1927 - Centro Sul - Tel. 65-3637-8426)


Programação do evento, clique aqui.
 
Aguardamos sua participação.

21/07/2016


A União Brasileira de Divulgação - UBD,  fundada em 10/05/2001 tem a finalidade de divulgar através de pesquisas interativas de Gestão Pública, destacando as melhores administrações municipais do Brasil, nas esferas de educação, serviços sociais, infraestrutura e saúde. Neste ano de 2016, a Dirigente Municipal de Educação do município de Sinop, Gisele Faria de Oliveira está entre os 10 melhores gestores do Brasil e o primeiro de Mato Grosso na Gestão Educação e Infra-estrutura. Reconhecimento pautado por uma avaliação baseada em critérios como transparência, responsabilidade fiscal e credibilidade junto aos órgãos governamentais na esfera Federal, Estadual, Tribunal de Contas e Ministério Público, além do comprometimento com a sociedade.
Veja mais
Inscrição para 1º Ação Formativa da Undime-MT em parceria com o Conviva Educação.
Participam neste evento somente de municípios da grande Cuiabá e região de Cáceres.
Máximo de 03 inscrições por município. ( CONFIRMADO 01 A 04/08 )

Inscrições ate dia 25/07/2016
 
Programação previa.


Link de Inscrição : http://goo.gl/forms/7Yv4hvlsQCkOCgkE2







Já imaginou aprender a construir robôs na escola? Muitos pensam que é caro, contudo, um professor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) teve a ideia de usar o chamado lixo eletrônico, ou seja, peças velhas de computadores, celulares, baterias e eletrodomésticos, para ensinar alunos a construírem robôs. O trabalho é feito pelo professor Dalton Pedroso de Queiroz, do curso de Ciência da Computação, que leva educação ambiental para escolas e de forma multidisciplinar e inovadora utiliza o Lixo Eletrônico para ensinar robótica. Segundo ele, esse tipo de lixo é bastante nocivo à saúde humana, mas a grande maioria da população em geral não sabe disso. leia mais...

20/07/2016


 

O presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação (DME) de Tabuleiro do Norte (CE), Alessio Costa Lima, tomou posse como Conselheiro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (CEB/ CNE), na manhã desta segunda-feira (11), em cerimônia realizada na sede do Conselho em Brasília (DF). Junto a ele outros 11 conselheiros tomaram posse. leia mais...
Resolução histórica da ONU pressiona Estados a regularem a atuação do setor privado no ensino e a investirem na educação pública

 

Regular os fornecedores privados de educação e investir na educação pública. É que exorta o Conselho de Direitos Humanos da ONU (CDH) em uma histórica resolução publicada na última sexta-feira e aclamada por 21 organizações da sociedade civil. A resolução adotada na 32ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU (13 junho - 1 julho, 2016) exorta todos os Estados em dois parágrafos separados a “acabar com todo o impacto negativo da comercialização da educação", em particular, por meio do estabelecimento de um marco regulatório para regular e monitorar as atividades dos prestadores de serviços de educação, exigindo responsabilidades para aqueles cujas práticas afetam negativamente a efetivação do direito à educação, também promovendo ações de investigação. leia mais...

 
Qual a importância do Censo Escolar? Quais são as principais dúvidas quanto ao preenchimento dos formulários no sistema de registro, o Educacenso? Como solucioná-las? Para falar sobre esse assunto de forma prática, didática e descontraída, o Conviva Educação promoverá no próximo dia 21 de julho uma videoconferência. ACESSE, ao vivo a transmissão às 14h, clicando aqui.
A atividade está marcada para às 15 horas e poderá ser acompanhada ao vivo, em tempo real, pelos interessados no assunto. As convidadas desta edição serão: a coordenadora-geral do Censo da Educação o Básica no Inep, Célia Cristina de Souza Gedeon Araújo; e a presidente da Undime Minas Gerais e Dirigente Municipal de Educação de Itaúna (MG), Maria Virginia Moraes Garcia. leia mais...


18/07/2016


 

A segunda versão da Base Nacional Comum Curricular foi discutida em Mato Grosso neste final de semana, 16 e 17 de julho, no anfiteatro da Escola Estadual Liceu Cuiabano, com participação do Grupo "Flauta Mágica". O Conselho Nacional de Secretário de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) são as instituições responsáveis pela articulação e organização dos seminários nos respectivos estados brasileiros. A partir desses encontros, o Consed e Undime sistematizarão as contribuições e desenvolverão relatório para entregar ao Ministério da Educação até o dia 6 de agosto. O Seminário Estadual em Mato Grosso contou com a presença do Secretário de Educação Básica do MEC, Rossieli Soares da Silva, da Professora Maria Gorethi dos Santos Camelo, DME de Serrano do Maranhão e presidente da Undime/ MA que representava neste ato o Comitê Gestor Nacional da BNCC. As duas importantes palestras foram proferidas pelo Ricardo Magalhães Dias Cardozo, coordenador geral do Ensino Médio da Secretaria de Educação Básica do MEC e pela professora Hilda Micarello, mestre e doutora em Educação e especialista em Alfabetização e Linguagem que falou sobre o “Processo de Construção da Base Nacional Comum” com foco no papel dos textos introdutórios e critérios para definir o que é basilar a todos os sujeitos da Educação Básica.


Dividida em quatro episódios, série documental mostra como os jovens vem usando a web para transformar a realidade
“Juventude Conectada” é o nome da série documental dirigida por Luiz Bolognesi e codirigida por Fabiano Maciel que o Canal Futura estreia na próxima semana. Com produção de Laís Bodanzky e da Buriti Filmes, o documentário é inspirado na pesquisa Juventude Conectada da Fundação Telefônica Vivo, correalizadora do projeto. A série tem quatro episódios – “Ativismo”, “Comunicação Democrática”, “Empreendedorismo” e “Educação”-, com 26 minutos cada, que serão exibidos de 18 a 21 de julho, em dois horários: às 15h e às 22h30. leia mais...

12/07/2016


 

O Ministério da Educação liberou, nesta quarta-feira, 6, R$ 146,9 milhões para o pagamento de 171.278 bolsas em diversos programas e ações da educação básica e superior. Desse total, R$ 68,9 milhões serão destinados ao pagamento de bolsas e material didático dos programas Projovem Urbano e Projovem Campo, de responsabilidade da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi). Somente para o pagamento de bolsas foram destinados R$ 12,8 milhões que deverão beneficiar 36,7 mil estudantes. Além disso, também na educação de jovens e adultos, outros R$ 7,9 milhões devem atender o programa Brasil Alfabetizado. Com isso, serão beneficiados 8 mil estudantes, educadores e tradutores-intérpretes de Libras. leia mais...


O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse hoje (6) que os programas da pasta não passam por “avaliação efetiva” e que é preciso mudar esse quadro para otimizar a aplicação dos recursos e ampliar a eficiência das ações. Segundo ele, toda política pública precisa ser avaliada continuamente para atingir os objetivos esperados. Pelo segundo dia seguido, o ministro falou a parlamentares sobre as diretrizes do ministério em audiências públicas no Congresso Nacional, hoje no Senado. leia mais...


O Ministério da Educação (MEC) vai priorizar a alfabetização na idade certa - até os 8 anos de idade -, a reforma do ensino médio, a formação de professores e a definição da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de acordo com o ministro da Educação, Mendonça Filho. O ministro participou hoje (5) de audiência pública conjunta das comissões de Educação e de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. Por mais de três horas o ministro respondeu a perguntas dos deputados e apresentou as dificuldades encontradas pela pasta e os planos de gestão. O ministro, designado pelo presidente interino, Michel Temer, ocupa o cargo desde meados de maio. Ele diz que encontrou o MEC com dívidas e sem recursos para programas como o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). leia mais...



O resgate do orçamento do Ministério da Educação foi uma das principais providências adotadas de imediato pelo governo interino de Michel Temer, disse o ministro Mendonça Filho durante audiência pública na Câmara dos Deputados. A audiência, realizada nesta terça-feira, 5, foi requerida pelas Comissões de Educação e Fiscalização Financeira e Controle daquela casa. “Tivemos um corte definido pelo governo anterior de R$ 6,4 bilhões, e uma das primeiras providências de revisão orçamentária determinada pela equipe econômica atual, a partir de uma recomendação do presidente Michel Temer, foi no sentido de reposição de R$ 4,7 bilhões desse total”, explicou. leia mais...

 

As comissões de Educação; e de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados ouviram nesta terça-feira (5) o ministro da Educação, Mendonça Filho. Ele informou aos parlamentares que foram retomados R$ 4,7 bilhões no orçamento da pasta, de um corte que estava em R$ 6,4 bilhões até maio. Segundo Mendonça Filho, a maioria dos recursos foi destinada para repasses atrasados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e da rede federal de ensino, que envolve universidades e institutos técnicos federais.
Os avanços no direito à educação infantil de qualidade. Esse foi o tema da audiência pública realizada nesta quarta-feira (6), na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). A audiência foi uma iniciativa das Comissões de Educação, de Seguridade Social e Família, de Defesa dos Direitos da Mulher e de Fiscalização Financeira e Controle no âmbito do IV Seminário Internacional da Primeira Infância. Na ocasião, a Undime foi representada pelo presidente e Dirigente Municipal de Educação de Tabuleiro do Norte (CE), Alessio Costa Lima. Leia mais...

06/07/2016


XI Encontro Estadual de Conselhos de Educação de Mato Grosso, a ser realizado nos dias 11 e 12 de julho de 2016.
Periodo de inscrição de 29/06/2016 a 08/07/2016 até 12:00
Link para inscrição

https://docs.google.com/forms/d/1FGWCfDWj65hXewkZhKwHpX3k4nnURK704bbwKD5Msn8/viewform 

Programação clique aqui. 

Maiores informações - 065 3313-3043

05/07/2016

Iniciativa apoia redes públicas de educação a alcançar um aprendizado de excelência para todos
Secretarias de educação têm até 12 de julho para se inscrever no programa gratuito de consultoria e formação de educadores e gestores pedagógicos

O programa Gestão para Aprendizagem, da Fundação Lemann e Elos Educacional, foi reformulado e ampliado. Agora oferecerá dois anos de consultoria e formação pedagógica gratuitas para técnicos de secretarias de educação, gestores escolares e professores. O objetivo é empoderar as redes e suas escolas para um ciclo virtuoso de identificação de necessidades e implementação de intervenções que estejam focadas exclusivamente na melhora no aprendizado dos alunos. leia mais...

Com base nas tendências atuais, 69 milhões de crianças menores de 5 anos morrerão de causas que poderiam ser evitadas, 167 milhões de crianças viverão na pobreza e 750 milhões de mulheres terão se casado ainda crianças até 2030, data limite para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – a menos que o mundo se concentre na situação de suas crianças mais desfavorecidas, de acordo com um relatório do Unicef divulgado no último dia 28 de junho. leia mais

 

Uma nova ferramenta vai facilitar a execução financeira do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e aprimorar o controle sobre a utilização dos recursos. Trata-se do Cartão PDDE, que será inicialmente utilizado por 26 unidades executoras do programa, para depois ser ampliado, gradualmente, a nível nacional. O cartão foi lançado em cerimônia no Palácio do Planalto nesta quarta-feira, 29, com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho, e do presidente em exercício, Michel Temer. leia mais
O país não cumpriu nenhuma das ações do PNE (Plano Nacional de Educação) com prazos previstos para este ano. Entre os atrasos, estão metas de inclusão escolar e definições de regras de investimento para a área. Aprovado em 2014, o PNE traçou 20 metas para a educação a serem alcançadas em dez anos. Há uma série de prazos parciais de atendimento. O plano completou dois anos no último dia 24 com atraso nos 14 dispositivos previstos para serem concluídos neste segundo ano. Para o coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, os cortes de recursos e falta de vontade política emperraram o plano. "O PNE é uma lei que depende de desempenho da trajetória. Se não implementa no início, não chega até o fim." Cara diz que o ponto que mais deve atrapalhar é a não regulamentação do Sistema Nacional de Educação. leia mais...

04/07/2016

2a Jornada Internacional de Alfabetização
4a Jornada Nacional de Alfabetização
12a Jornada de Alfabetização

22 e 23 de agosto de 2016
Universidade Federal de Santa Catarina
Florianópolis

01/07/2016



UMA BASE DE QUALIDADE PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA

Junho, julho e agosto de 2016 são meses decisivos para o processo da Base Nacional Comum Curricular. Durante este período, o documento será discutido por alunos, professores, especialistas, coordenadores e entidades da área de educação em seminários que acontecem em todos os estados e no Distrito Federal.  Acompanhe todos os detalhes aqui!

 


A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), como instituições responsáveis pela articulação e organização dos seminários estaduais que vão discutir a segunda versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) promoveram, em Brasília nos dias 20 e 21 de junho, com o apoio do Ministério da Educação (MEC), da Universidade de Brasília (UnB), e do Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita (Ceale)/ UFMG e com a parceria institucional do Conselho Nacional de Educação (CNE) e do Movimento pela Base Nacional Comum, a formação para os Seminários Estaduais da Base Nacional Comum Curricular. leia mais...