UNDIME/MT

29/03/2016


O Conviva Educação promoverá no próximo dia 30 de março uma videoconferência sobre o Plano de Ações Articuladas (PAR). A ação é uma oportunidade para que dirigentes, gestores, técnicos e equipes das secretarias de educação saibam mais sobre o Plano, além de poder entender como elaborá-lo e de que forma ele deve estar alinhado com as metas do Plano Municipal de Educação (PME).
A videoconferência será às 15 horas e contará com a participação do presidente do FNDE, Idilvan Alencar; da diretora de gestão e articulação e projetos educacionais do FNDE, Renilda Lima; e do presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Tabuleiro do Norte (CE), Alessio Costa Lima.
Os interessados em participar da atividade podem enviar, antecipadamente, as dúvidas e perguntas por meio do fórum do Conviva.
Fonte: Undime


28/03/2016

22/03/2016


Atenção - Informamos que já está disponível os arquivos apresentados no 10º Fórum Extraordinário da Undime-MT e os Certificados de participação, pedimos a todos que preencham a ficha de avaliação, para que possamos a cada dia melhorar mais nosso atendimento, agradecemos a participação de todos. clique aqui.


O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) divulgou na semana passada a segunda edição do manual de aquisição de produtos da agricultura familiar para a alimentação escolar. A nova edição foi atualizada com a Resolução CD/FNDE nº 04/2015 que trata de alterações no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). O manual está disponível na página do FNDE na versão em pdf e pode ser acessado aqui.
O documento contém 60 páginas e está dividido em três partes: apresentação, funcionamento e anexos. Além disso, é didático, fácil de ser compreendido e contém ilustrações.


O Ministério da Educação (MEC) reúne por meio de um portal na internet informações sobre educação integral. O portal contém sete abas, entre elas a "Biblioteca". Nessa parte, é possível acessar conteúdos sobre experiências pedagógicas inovadoras; educação financeira; o programa de educação integral do MEC, o Mais Educação; concepções e práticas na educação brasileira; cadernos pedagógicos, manuais e guias referentes ao Mais Educação; e trabalhos acadêmicos sobre o tema.


 Os professores da educação básica poderão ter que cumprir uma etapa de residência pedagógica. É o que prevê o PLS 6/2014, que receberá votação terminativa na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) na terça-feira (22).
Do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o projeto modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, acrescentando a residência pedagógica de 2 mil horas aos licenciados com até 3 anos de formação, a ser ofertada a, no mínimo, 4% dos professores em cada sistema de ensino e com remuneração por meio de bolsas de estudos.


Mais de 12 milhões de contribuições. Foi com esse número tão expressivo que a consulta pública sobre o documento preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNC) foi encerrada nesta terça-feira, 15, após seis meses aberta à participação de toda a sociedade brasileira. A metade das colaborações partiu de 45 mil escolas.
“Essa é uma participação muito expressiva. Eu não tenho notícias de uma consulta pública que tenha mobilizado de forma tão intensa, de forma tão abrangente, a sociedade brasileira, os profissionais da educação e também as comunidades escolares em todo o país”, avalia o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Manuel Palácios.


Quando se começa a aprender? Na opinião de muitos pais e até de alguns profissionais do ensino, apenas na alfabetização. Até lá, para quem pensa assim, os filhos vão à creche para brincar e passar o tempo. Mas para os pesquisadores envolvidos na proposta de educação infantil na Base Nacional Comum Curricular (BNC), o aprendizado dos pequenos começa muito antes. E brincar não é mero momento de distração.
“A gente está dizendo que bebê aprende. Não é porque bebê não fala que ele não tem um conjunto muito interessante de explorações, de brincadeiras, de olhares pro outro, que são seu jeito de falar”, defende Zilma de Moraes Ramos de Oliveira, professora da Universidade de São Paulo (USP) e uma das assessoras da educação infantil no documento.


Alunos dos ensinos fundamental e médio poderão aprender técnicas de primeiros socorros, conforme propõe o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) no PLS 210/2015, aprovado nesta quarta-feira (16) na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). A matéria vai à Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), onde será votada em decisão terminativa.
Caiado propõe modificar a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996) para incluir conteúdos relativos aos primeiros socorros, abrangendo teoria e prática e incluindo treinamento em ressuscitação cardiopulmonar, explicou Caiado, que é médico. Ele sugere que as disciplinas sejam ministradas na segunda fase do ensino fundamental e no primeiro ano do ensino médio, mediante convênio com o Corpo de Bombeiros dos estados.


 O sociólogo e doutor em economia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Luiz Roberto Liza Curi, será o novo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Curi aceitou o convite do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, para assumir o comando do Instituto, responsável pela aplicação do Enem e do Enade, por avaliações da educação básica, pelos censos do ensino superior e da educação básica, entre outras atividades. A nomeação será publicada nesta semana, no Diário Oficial da União.


Os materiais de divulgação da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro já começaram a ser enviados. Inicialmente, serão encaminhados às secretarias municipais e estaduais de educação. Depois eles serão enviados às escolas. O kit de divulgação contém carta aos dirigentes de educação; folder; cartaz referente aos quatro gêneros trabalhados na Olimpíada (poema, memórias literárias, crônica e artigo de opinião); cartaz de divulgação e calendário com o cronograma das atividades da 5ª edição da Olimpíada. A recomendação é que o material seja amplamente divulgado!
O Conviva Educação promoverá no próximo dia 30 de março uma videoconferência sobre o Plano de Ações Articuladas (PAR). A ação é uma oportunidade para que dirigentes, gestores, técnicos e equipes das secretarias de educação saibam mais sobre o Plano, além de poder entender como elaborá-lo e de que forma ele deve estar alinhado com as metas do Plano Municipal de Educação (PME).
A videoconferência será às 15 horas e contará com a participação do presidente do FNDE, Idilvan Alencar; da diretora de gestão e articulação e projetos educacionais do FNDE, Renilda Lima; e do presidente da Undime e Dirigente Municipal de Educação de Tabuleiro do Norte (CE), Alessio Costa Lima.

21/03/2016

Teremos nessa semana um evento muito importante na educação

Dia 21 a 24 de Março de 2016 seminário de Educação Básica aos professores
Dia 22 no período matutino Gincana interativa aos profissionais de apoio
Dia 22 vespertino, Palestra: Relacionamento Interpessoal aos profissionais de apoio
De manhã no Ginasio Carlos Pasa e a tarde no Centro de eventos Dante de Oliveiras
Ainda dia 23 palestra com Dr. Álvaro Crispino com no tema: jurisdição na educação para secretários municipais , diretores coordenadores
No Centro de Eventos Dante de Oliveiras 
No periodo vespertino estará presente mais de 400 profissionais que atuam como gestores estes de municípios vizinhos .

16/03/2016



A 10ª edição do Fórum Extraordinário da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Mato Grosso (Undime) debateu os desafios e as políticas educacionais diante das metas dos planos de educação para 2023. O evento realizado esta semana em Cuiabá, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), contou com a presença de 90 secretários municipais de educação e 65 técnicos da área, totalizando 155 inscritos.

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Idilvan Alencar, esteve em Cuiabá (MT) e Goiânia (GO) na quarta-feira, 9, e nesta quinta-feira, 10, respectivamente, para detalhar a gestores da educação os programas e ações da autarquia e ajudá-los a tirar dúvidas. As palestras foram realizadas em dois fóruns estaduais da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). Leia mais


Novas turmas do curso on-line “Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas” serão abertas no dia 17/03, quinta-feira. As inscrições poderão ser feitas em dois horários: 10h e 14h (horário de Brasília) e devem ser realizadas exclusivamente pela internet, aqui no Portal Escrevendo o Futuro. Ao fazer a inscrição, os professores receberão um e-mail com instruções para a confirmação de matrícula. Fique atento, a confirmação é obrigatória para garantir a vaga no curso! As pessoas que não conseguirem poderão se inscrever na lista de espera para ocupar as vagas de eventuais desistentes. Alunos em lista de espera poderão ser chamados até o final da primeira semana do curso.
Leia mais

08/03/2016

Retire seu Crachá juntamente com o kit participante no credenciamento, dia 09/03/2016 a partir das 13:00 na abertura do evento no Salão Nobre do Palácio Paiaguás - Centro Politico Administrativo.
veja no mapa clique aqui.

Clique aqui e veja os Participantes inscritos e confirmados.

04/03/2016

Empresas Parceiras no 10º Forum Extraordinário

SEXTA-FEIRA, 04 DE MARÇO DE 2016

Informamos que as empresas abaixo relacionada firmaram termo de parceria , conforme o edital n° 001/2016 Undime-MT para participar e divulgar seus produtos no 10º Fórum Extraordinário , que acontecerá nos dias 09, 10/03 e 11/03/2016 no Salão Nobre do Palácio Paiaguás e no Hotel  Fazenda Mato Grosso em Cuiabá-MT

DESK MÓVEIS ESCOLARES E PRODUTOS PLÁSTICOS LTDA. - CNPJ nº. 74.148.958/0001-60

EDUCA FÁCIL DISTRIBUIDORA DE LIVROS E PEDAGÓGICO LTDA. - CNPJ nº.15.644.619/0001-06

EGS COMÉRCIO DE BRINQUEDOS EIRELI-ME. CNPJ n° 22.025.872/0001-47

VIP MAGAZINE E COMÉRCIO EIRELI-ME.  CNPJ n° 05.033.039/0001-29


 Preocupados com o corte de recursos no orçamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), senadores e deputados que integram as Comissões de Educação do Senado e da Câmara se unem para reverter a medida e anunciam reunião terça-feira (1º) com dirigentes do Ministério da Educação (MEC).
A mobilização dos parlamentares foi anunciada durante debate sobre o Pibid nesta quarta-feira (24), na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado, que contou com a presença de 14 senadores e dez deputados, além de representantes do governo e de gestores do programa.
– Qualquer adequação ou ajuste no Pibid deve ser feito em diálogo com as universidades e com a coordenação do programa – frisou a vice-presidente da CE, senadora Fátima Bezerra (PT-RN), ao adiantar que um dos objetivos da reunião será cobrar mais transparência na gestão do Pibid. leia mais...
A educação financeira está entre os temas da atualidade sugeridos para compor a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Trata-se do conjunto de conhecimentos entendidos como essenciais para o fortalecimento da cidadania e voltados para ajudar a população a tomar decisões financeiras mais autônomas e conscientes.
A Base Comum definirá os conteúdos que deverão fazer parte dos currículos das escolas de educação básica nos próximos anos, por determinação do Plano Nacional de Educação (PNE). Até 15 de março, todos os brasileiros poderão contribuir com sugestões.
O tema da educação financeira ganhou destaque na arena política global com a crise econômica mundial, em 2008. Especialistas de organismos internacionais, como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) voltaram atenção para a importância das questões associadas à educação financeira. leia mais...


As inscrições para a 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro 2016 estão abertas! O evento de lançamento foi realizado nesta quinta-feira (25), em São Paulo (SP). A Undime é uma das parceiras da iniciativa.
O tema desta edição é “O lugar onde vivo”. O objetivo é propiciar aos alunos oportunidades para estreitar os vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade, contribuindo para o desenvolvimento da cidadania.
A adesão das secretarias de Educação e inscrição dos professores podem ser realizadas até o dia 30 de abril. A boa notícia é que, este ano, os primeiros 100 mil professores inscritos receberão DVD com os Coleção da Olimpíada. O material apresenta a sequência didática para o ensino da escrita em quatro gêneros textuais. leia mais...
O debate Educação Inclusiva com Abordagem em Autismo e Síndrome de Down abriu nesta quinta-feira (25) a edição de 2016 do evento Pauta Feminina. A iniciativa tem o apoio da bancada feminina no Congresso Nacional e da Procuradoria da Mulher do Senado.
Durante o evento, a psicopedagoga Lourdes Dias, da Clínica Aprender, afirmou que as escolas brasileiras ainda carecem de profissionais preparados para promover a inclusão de alunos com deficiência. Ela informou que as escolas têm contratado estagiários “sem qualificação, preparo e compromisso” com a criança com deficiência para fazer a ponte entre ela e o professor.
— A formação é fundamental para a inclusão. Um mediador de aprendizagem tem que estar presente e auxiliar o professor, que deve ser a referência em sala de aula. Esse profissional precisa ter um vínculo com o aluno especial e trabalhar visando a sua independência — afirmou a psicopedagoga, que se queixou ainda da falta de adaptação curricular e de um plano de ensino individualizado para facilitar esse processo de aprendizagem. leia mais...

A porcentagem de jovens que concluem o ensino médio na idade certa – até os 17 anos – aumentou em 10 anos, passando de 5%, em 2004, para 19%, em 2014. Os dados estão em um estudo do Instituto Unibanco, feito com base nos últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Há, no entanto, 1,3 milhão de jovens entre 15 e 17 anos que deixaram a escola sem concluir os estudos, dos quais 52% não concluíram sequer o ensino fundamental.
"Este é o subgrupo mais vulnerável, pois são brasileiros que, caso não voltem a estudar, terão altíssima probabilidade de inserção precária no mercado de trabalho, além de não terem tido seu direito à educação básica assegurado", diz a publicação. leia mais...
A mochila escolar é um item que faz parte da rotina de crianças e adolescentes e a forma com que eles gostam de usar vai mudando ao longo do tempo. Por isso é importante que os pais fiquem atentos para evitar peso em excesso e ajuste incorreto, já que isso pode causar lesões e dores. É o que orienta a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot).
Segundo o ortopedista e membro da Sbot, Miguel Akkari, o peso correto da mochila não deve ultrapassar 10% do peso da criança. As queixas de dores são frequentes nos consultórios, segundo Akkari. “O que nós observamos são as queixas agudas, geralmente dor nas costas, nos braços e nos ombros”, explicou. O ortopedista ressalta, entretanto, que os problemas podem ser mais sintomáticos para aquelas crianças e adolescentes que precisam caminhar até a escola levando o material. “É mais significativo pelo tempo de esforço que ele faz”, disse. leia mais...

03/03/2016


Contatos: Otair - 65 9978-0803 - otair.filho@seduc.mt.gov.br
Lenir - 66 9642 7891 - levronski@hotmail.com
Taciana - 66 9669 6116 - jordaotaciana@gmail.com
Rosemai - 65 9964 0929 - rosemaicivtorio1956@gmail.com
Assista a abertura com a fala da Presidente da Undime-MT.


Chamamento para a contribuições no portal da Base Nacional Comum. Assista ao vivo a partir das 09:00. Clique aqui.

01/03/2016



 Proposta apresentada pelos participantes do programa Jovem Senador pode ser votado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta terça-feira (1°). O texto torna obrigatória a disponibilidade de internet para os alunos do ensino fundamental e do ensino médio, das redes pública e privada, para fim educacional. A reunião está marcada para as 11h30.
O projeto foi apresentado em 2014 por estudantes que participaram do programa Jovem Senador. Os participantes são estudantes de todos os estados selecionados por meio de um concurso anual de redação. Depois, a sugestão foi analisada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e transformada no Projeto de Lei do Senado (PLS) 280/2015. No texto, a comissão argumenta que o Projeto Banda Larga nas Escolas previa todas as escolas públicas urbanas conectadas à internet até o final de 2010. Até 2013, no entanto, 5,5 mil dessas escolas não tinham internet, segundo o Censo Escolar. O relator do texto na CE, senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), é a favor da aprovação do texto. Apesar de considerar o projeto meritório, o senador lembrou que um tema não deve ser disciplinado por mais de uma lei, motivo pelo qual preferiu introduzir as alterações na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996). Leia mais...

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) disponibilizou via Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec) o manual do Plano de Ações Articuladas (PAR) 2016/ 2019. O documento consta no sistema desde a última sexta-feira (26) e oferece orientações às secretarias de educação no que diz respeito à etapa preparatória e ao diagnóstico do PAR.
O documento online está divido em 48 páginas. As informações são claras, objetivas e didáticas sobre como proceder em cada parte do sistema.
Na etapa atual, os municípios deverão fazer o diagnóstico de suas redes para, com base em dados atualizados, elaborarem os Planos de Ações Articuladas com vigência para o período de 2016 a 2019. Esse novo ciclo do PAR foi estruturado em consonância com o Plano Nacional de Educação (PNE).
Clique aqui para acessar o manual do PAR. leia mais