UNDIME/MT

06/06/2013

Professor é diferencial em escolas com bons resultados, aponta pesquisa

   

A cada três anos, quem acompanha avaliações educacionais, normalmente se depara com uma notícia ruim: lá vamos nós, mais uma vez, amargar posições ruins no Pisa, que mede conhecimentos de língua portuguesa (no caso do Brasil), ciências e matemática entre alunos de 15 anos de todo o mundo. Mas se, na média, a nota dos alunos brasileiros não está lá essas coisas, há vários exemplos de escolas por aqui que não fazem feio. Leia mais...