UNDIME/MT

    18/07/2018


    Estão abertas as inscrições para o 7º Fórum Nacional Extraordinário dos Dirigentes Municipais de Educação (7º FNEx), que acontece no Centro de Convenções de Pernambuco entre os dias 14 e 17 de agosto. Com o tema “O Direito à educação e a garantia ao acesso, à permanência e à aprendizagem”, a edição 2018 pretende reunir aproximadamente 1.500 Dirigentes Municipais de Educação (DME) e especialistas na área, estimulando o debate sobre a oferta do ensino e as políticas educacionais do país.
    Os participantes poderão se aprofundar em assuntos como financiamento da educação, implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), formação do professor e seu papel no processo de ensino e aprendizagem, além de políticas e programas para garantia do direito à educação. Organizadas em quatro eixos, as oficinas temáticas abordarão os temas: A liderança e a gestão de recursos humanos; Introdução ao sistema municipal de ensino e principais marcos legais; Estrutura da secretaria e práticas pedagógicas; e Administração e gestão dos recursos financeiros. Ainda entre conferências, mesas-redondas, salas temáticas, o 7º Fórum Extraordinário também proporcionará visitas dos participantes às salas de atendimento governamental e a estandes dos parceiros institucionais da Undime. leia mais...

    Portaria do Ministério da Educação publicada na edição de hoje (11) do Diário Oficial da União institui o Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio. O programa vai apoiar as secretarias de educação estaduais e do Distrito Federal na elaboração e execução do plano de implementação de novo currículo que contemple a Base Nacional Comum Curricular, e os diferentes itinerários formativos e a ampliação de carga horária para mil horas anuais.

    As secretarias receberão apoio técnico para elaboração, execução, monitoramento e avaliação do Plano de Implementação do Novo Ensino Médio, materiais de orientação técnico-pedagógica e de gestão e ferramentas digitais para auxiliar no acompanhamento e monitoramento.

    A adesão das secretarias de Educação ao Programa deverá ser formalizada por meio da assinatura de termo de compromisso. Ao aderir, a secretaria se compromete a elaborar e executar o Plano; a validar os produtos elaborados pelas assistências técnicas, que serão encaminhados à Secretaria de Educação Básica; a implantar escolas-piloto com currículo flexível com a oferta de itinerários formativos, a partir de 2019; e a implantar o currículo flexível com a oferta de, no mínimo, dois itinerários formativos, em 100 por cento das escolas do Ensino Médio em Tempo Integral, até 2022.

    Fonte: Agência Brasil

    A comissão especial encarregada de analisar o Projeto de Lei 7180/14, do deputado Erivelton Santana (Patri-BA), que estabelece a chamada Escola Sem Partido, não conseguiu votar nessa quarta-feira (11) o parecer do deputado Flavinho (PSC-SP). Depois de três horas de discussões entre críticos e apoiadores da proposta, o colegiado precisou encerrar a reunião por causa do início da sessão do Congresso Nacional, às 19h40.

    O substitutivo do relator Flavinho prevê que cada sala de aula terá um cartaz com seis deveres do professor, entre eles o de não cooptar os alunos para nenhuma corrente política, ideológica ou partidária; e o de não incitar os estudantes a participarem de manifestações. leia mais...

    O Ministério da Educação (MEC) disponibilizou, no último dia 13 de julho, o curso de apoio ao Desenvolvimento Profissional do Programa Mais Alfabetização (PMAlfa), que busca apoiar os gestores escolares na construção de um diagnóstico do processo de alfabetização. O curso se baseia nos resultados da primeira Avaliação Diagnóstica, além da definição de metas e ações para garantir a aprendizagem de todos os estudantes.

    Destinado a dirigentes estaduais, distrital e municipais, além de técnicos das secretarias, o treinamento dá direito a certificado emitido pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora/ MG, com carga horária de 40h. leia mais...

    Foi publicado no Diário Oficial da União da última sexta-feira (13), a Lei nº 13.696, que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita. A política terá como diretrizes a universalização do direito ao acesso ao livro, à leitura, à escrita, à literatura e às bibliotecas. Segundo o texto, a implantação fica a cargo da União em cooperação com os estados, o Distrito Federal e os municípios e com a participação da sociedade civil e de instituições privadas.

    A lei tem origem no Projeto de Lei (PLS) 2012/2016, de autoria da senadora Fátima Bezerra (PT-RN). A parlamentar defende a leitura como chave mestra para a mobilidade social e o desenvolvimento pleno.

    “Com leitura são formados cidadãos mais críticos, autônomos e mais bem qualificados; são construídas organizações e instituições — públicas ou privadas e do terceiro setor — mais eficientes, eficazes, inovadoras e responsáveis”, afirma Fátima na justificativa do projeto.

    Secretarias de Educação de todo país tem até o dia 15 de agosto para realizar o cadastro e os lançamentos de resultados do Programa Novo Mais Educação (PNME). Prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC), o atendimento ao novo prazo é o que garantirá o pagamento da segunda parcela destinada à implementação do programa.

    Além da inserção de dados de estudantes, turmas, mediadores e facilitadores, cabe às secretarias a validação do plano de atendimento, bem como a aplicação e o lançamento dos resultados da Avaliação Diagnóstica no Sistema de Monitoramento e Orientação Pedagógica.

    A Undime reconhece e apoia as iniciativas do Ministério da Educação (MEC) a favor da inclusão de verbas destinadas à educação propostas no texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019 aprovado na noite da última quarta-feira (11) pelo Plenário do Congresso Nacional.

    Entre as medidas econômicas previstas em favor da área estão a autorização para nomeação de novos servidores civis para reposição de vagas nas áreas de educação, e em instituições federais de ensino recentemente criadas. Na lista de ações sociais, o texto aponta como medidas prioritárias para 2019 as metas do Plano Nacional de Educação (PNE); a proibição de contingenciamento dos recursos captados pelas universidades e instituições públicas de ciência e tecnologia, como doações e convênios; a destinação de três emendas obrigatórias de bancada estadual do Congresso para as áreas de educação, saúde e segurança pública; e a correção dos recursos totais da educação e da assistência social pela inflação.

    A Undime reitera, ainda, que conta com o apoio de toda a sociedade e a sensibilidade dos parlamentares e do Governo Federal para aprovação do texto proposto para a educação sem vetos ou sanções.

    A Educação Pública é um direito de todos e dever do Estado!

    A Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular, promovida pela Ação Educativa, nasceu em 2016, quando o país se viu diante de um cenário político de graves ameaças à luta por direitos e à ordem democrática. Três anos depois, e após a crescente lista de retrocessos impostos às áreas sociais, a Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular 2018 vem trazer aos participantes um espaço de ação e esperança. A proposta é trazer atividades que trabalhem práticas e experiências concretas e palpáveis, tendo em vista a sobrevivência no cenário adverso que vivemos, em busca da retomada de direitos.
    Serão abordados diversos temas no âmbito dos Direitos Humanos, por diversos profissionais e pesquisadores capacitados, a fim de avançar nos debates mais urgentes que tangem o âmbito nacional e internacional, fazendo oposição ao racismo, ao sexismo, à xenofobia e a qualquer tipo de discriminação e desigualdade. leia mais...

    13/07/2018



    Já está disponível a avaliação do 11º Fórum Extraordinário "O Regime de Colaboração - A Superação dos Desafios na Gestão Publica da Educação" e o 2º Seminário de Educação Infantil "Um Currículo Integrador e Plural no Processo Educativo", sua participação é muito importante nesta etapa do processo, segue também os links dos arquivos e fotos do evento, e os certificados para download.

    Link para Avaliação:
    https://goo.gl/forms/QPvS1EavtFajXcMr2


    Link dos Arquivos e Certificados
    https://drive.google.com/open?id=1eZICnrXgxk5b6ZtA0GoCYj28siYRDfeN


    Link das Fotos
    https://photos.app.goo.gl/u7sgtUgibW3odvLBA


    12/07/2018


    Undime MT realiza Fórum Extraordinário
    A Undime MT realiza entre os dias entre os dias 4 e 5 de julho, na cidade de Várzea Grande, o XI Fórum Estadual Extraordinário da Seccional. Palestrante convidado do evento, o Dirigente Municipal de Educação de Goiânia/ GO e Presidente da Undime Região Centro-Oeste, Marcelo Ferreira da Costa, integrou a mesa que debateu o Regime de Colaboração: a superação dos desafios na gestão pública da educação e do debate "A superação dos principais desafios enfrentados pelos gestores municipais na operacionalização das implementações das políticas públicas". Leia mais

    Representando a Rede Nacional Primeira Infância(RNPI), a Avante – Educação e Mobilização Social realizou oficina sobre a “Construção do Plano Municipal Primeira Infância (PMPI) e participou da Roda de Conversa: “O Perfil e a Formação do Profissional de Educação Infantil e a BNCC” em dois eventos realizados em paralelo, em Várzea Grande, Mato Grosso, nos dias 4, 5 e 6 de julho/18. Saiba mais

    25/06/2018


    Prorrogada as inscrições para o 11º Fórum Extraordinário "O Regime de Colaboração - A Superação dos Desafios na Gestão Publica da Educação" e o 2º Seminário de Educação Infantil "Um Currículo Integrador e Plural no Processo Educativo" nos dias 04, 05 e 06 de Julho de 2018, no Auditório do Hotel Hits Pantanal em Várzea Grande, conforme pré-programação. clique aqui,

    As inscrições para participação no evento já está disponível no link abaixo ate dia 28/06/2018 e vencimento do boleto para 29/06/2018.

    Neste sentido, informamos que a taxa de inscrição para os municípios Filiados e Adimplentes é R$ 50,00 (cinquenta reais) por pessoa e para os municípios Não Filiados é R$ 200,00 (Duzentos reais por pessoas). 
    Salientamos, que este Fórum é de suma importância para o fortalecimento da Entidade, e a participação de todos mostra a união do grupo, conquistando respeito e atenção.

    Contamos com a presença de todos (as).

    Inscrições clique aqui.


    14/06/2018


    A Undime-MT estará realizando seu 11º Fórum Extraordinário "O Regime de Colaboração - A Superação dos Desafios na Gestão Publica da Educação" e o 2º Seminário de Educação Infantil "Um Currículo Integrador e Plural no Processo Educativo" nos dias 04, 05 e 06 de Julho de 2018, no Auditório do Hotel Hits Pantanal em Várzea Grande, conforme pré-programação. clique aqui,

    As inscrições para participação no evento já está disponível no link abaixo ate dia 25/06/2018 e vencimento do boleto para 26/06/2018.

    Neste sentido, informamos que a taxa de inscrição para os municípios Filiados e Adimplentes é R$ 50,00 (cinquenta reais) por pessoa e para os municípios Não Filiados é R$ 200,00 (Duzentos reais por pessoas). 
    Salientamos, que este Fórum é de suma importância para o fortalecimento da Entidade, e a participação de todos mostra a união do grupo, conquistando respeito e atenção.

    Contamos com a presença de todos (as).

    Inscrições clique aqui.


    A Undime esteve entre as entidades representadas durante o IV Encontro dos Conselhos de Educação da Região Centro-Oeste, realizado entre os dias 12 e 13 de junho, em Cuiabá (MT). Palestrante convidado do evento, o Dirigente Municipal de Educação de Várzea Grande/ MT e Presidente da Seccional MT, Sílvio Aparecido Fidelis, integrou a mesa que debateu o Regime de colaboração e o fortalecimento dos Sistemas de Educação – Nacional, Estaduais e Municipais.

    Na programação do Encontro ainda foram incluídas discussões sobre o papel dos Conselhos de Educação das esferas estaduais e municipais e o monitoramento dos Planos de Educação, a partir da implantação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Além do professor Sílvio, a edição contou com a participação de representantes do Ministério da Educação, Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação, das Secretarias estaduais e municipais de Educação e do Ministério Público do Mato Grosso. Leia mais...