UNDIME/MT

    12/11/2018


    O fortalecimento da parceria entre a Undime e a Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente vai permitir a análise de proposições legislativas na área da educação em andamento na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

    Em reunião realizada na tarde da última terça-feira (6), em Brasília (DF), o Dirigente Municipal de Educação de Alto Santo/ CE e Presidente da Undime, Alessio Costa Lima alinhou com a Administradora Executiva da Fundação, Heloísa Oliveira, um possível fluxo de trabalho conjunto para acompanhamento das propostas que vêm sendo discutidas na Agenda das duas Casas Legislativas, de modo a permitir a aproximação das análises das instituições e a defesa da política educacional voltada à infância do país. leia mais...

    O Ministério da Educação (MEC) prorrogou até 16 de novembro o prazo final para que municípios concluam o procedimento de adesão das redes ao Programa Escola Acessível, e até 23 de novembro, o prazo que estes concluam a elaboração do Plano de Atendimento pelas escolas. O processo de adesão deverá ser realizado via Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (Simec) e o Plano, a partir do Sistema do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Interativo). leia mais...

    A TV Escola disponibilizou matéria em que faz o balanço do III Seminário Nacional de Educação Conectada, realizado em Fortaleza (CE), durante os últimos dias 30 e 31 de outubro. Após um ano do lançamento do Programa Escola Conectada, a terceira edição do encontro promoveu uma série de atividades entre articuladores que aderiram à iniciativa, como forma de apoio às escolas que atuam na implementação do projeto em escolas brasileiras.

    Além de expor as conquistas desde a criação, o intuito do Seminário foi promover a troca de experiências entre agentes responsáveis pela indução do programa em todo o país.

    “É muito importante que vocês tragam as contribuições, porque vocês são a ponta e nos permitem entender o que funciona e o que não funciona”, apontou Rossieli Soares, ministro da Educação, durante a abertura do evento.

    Para assistir ao vídeo na íntegra, clique neste link.

    O Programa

    O Programa de Inovação Educação Conectada, instituído pelo Decreto n° 9.204, de 23 de novembro de 2017, tem por objetivos apoiar a universalização do acesso à Internet em alta velocidade e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica. A implementação do programa está prevista para acontecer até 2024, de maneira a contemplar, gradualmente, escolas urbanas e rurais em três fases: Indução, Expansão e Sustentabilidade.

    O III Seminário Nacional de Educação Conectada foi promovido paralelamente ao VII Congresso Brasileiro de Informática da Educação (CBIE), que reuniu mais de 600 participantes interessados em discutir, compartilhar e divulgar suas atividades e experiências no âmbito das tecnologias na educação entre os dias 29 de outubro e 1º de novembro.

    Os dados mais recentes do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), referentes à aplicação de 2017, já estão disponíveis no Painel Educacional, plataforma do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que agrega várias informações sobre o cenário educacional. Além dos resultados do Saeb, também foram disponibilizados no Painel os dados do Censo Escolar, com as estatísticas da Educação Básica brasileira do mesmo ano.

    O Painel Educacional apresenta informações sobre o desempenho dos estudantes, por meio dos testes do Saeb, e outros dados coletados por meio dos questionários do Saeb. Os resultados são referentes às avaliações aplicadas aos Anos Inicias e Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Outro destaque da plataforma é o Painel Série Histórica, que disponibiliza informações sobre as médias e resultados por nível de proficiência das redes estaduais e municipais. leia mais...

    Muito tempo gasto em jogos, smartphones e televisão está associado a níveis elevados e a diagnósticos de ansiedade ou depressão em crianças a partir dos 2 anos de idade, de acordo com um novo estudo. Mesmo depois de apenas uma hora de tela diariamente, crianças e adolescentes podem começar a ter menos curiosidade, menor autocontrole, menos estabilidade emocional e maior incapacidade de terminar tarefas, relata Jean Twenge, psicólogo da Universidade Estadual de San Diego e Keith Campbell, professor de psicologia da Universidade da Geórgia. 

    Os resultados de Twenge e Campbell foram publicados em um artigo, "Associações entre tempo de tela e menor bem-estar psicológico entre crianças e adolescentes: evidências de um estudo de base populacional", publicado este mês na revista cientifíca "Preventative Medicine Reports". leia mais...

    O Itaú Social, em parceria com a Fundação Carlos Chagas (FCC), abrem o edital “Os Anos Finais do Ensino Fundamental: Adolescências, Qualidade e Equidade na Escola Pública” para financiar pesquisas aplicadas que apontem recomendações para a superação dos desafios da etapa de escolarização do 6º ao 9º ano. Pesquisadores, escolas públicas, redes de ensino e organizações da sociedade civil (OSCs) são convidados a investigar este ciclo, promovendo a interação entre a academia e a realidade escolar. O edital pode ser acessado aqui. As inscrições estão abertas de 30 de outubro a 09 de dezembro.

    O edital destinará recursos para o financiamento de até 14 projetos. Os que forem submetidos nas modalidades 1 e 2 (mais informações abaixo, em “Resumo do Edital”) terão prazo de realização de 18 meses e receberão R$ 100 mil. Na modalidade 3, os projetos têm duração de dois anos e receberão o valor de R$ 150 mil por ano. leia mais...

    Para auxiliar gestores de redes e escolas, a Nova Escola lançou um e-book gratuito sobre a implementação da Base Nacional Comum Curricular. Considerando os desafios de implementação da Base, o material de apoio reúne exemplos, sugestões de organização do tempo, próximas etapas da BNCC e dicas de como engajar e apoiar os professores nesta mudança.

    Até 2020, a Base deverá ser implementada em todas as escolas do país. O gestor educacional, nesse processo, terá desafios importantes pela frente. Por isso, o e-book traz entrevistas com especialistas e gestores, um cronograma de próximos passos da Base, que você pode baixar e imprimir, material de apoio para a formação de professores sobre as Competências Gerais e uma pauta formativa para reunião pedagógica. leia mais...

    Os primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento de uma criança. De acordo com pesquisas científicas, o período de 0 a 3 anos é tão decisivo para a estruturação física, intelectual e emocional que gera impacto ao longo de toda a vida. Com um desenvolvimento integral saudável, as crianças têm maior facilidade para se adaptarem a diferentes ambientes e adquirirem novos conhecimentos.
    “A primeira infância é a base para tudo o que vai ser construído posteriormente. Se não estiver bem alicerçada, essa estrutura terá rupturas que vão ocasionar problemas na aprendizagem”, explica a especialista em neuroaprendizagem Ana Lúcia Hennemann, professora convidada da Censupeg (Centro Sul-Brasileiro de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação) e acadêmica na UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). De acordo com ela, nessa etapa a criança deve receber diferentes estímulos, como o brincar, a manipulação de objetos com diferentes texturas e cores, a discriminação auditiva e as interações sociais. leia mais...

    Educação está em alta. Segundo uma pesquisa recente do Datafolha feita com mais de duas mil pessoas de 129 municípios do Brasil, 80% dos brasileiros afirmam ter muito interesse em reportagens e notícias sobre o tema. No ranking dos interesses da população, pertecentes a todas as classes sociais, o assunto ficou a frente de saúde (78%), cultura (54%) e economia (45%). Ao mesmo tempo, nem sempre fica claro para o público o significado dos termos sobre educação. leia mais...


    Veja os exemplos de como municípios do Brasil estão construindo currículos e formando professores. Itabaianinha em Sergipe aponta como está construindo currículo e formando professores para adequar-se à Base Nacional Comum Curricular-BNCC.

    30/10/2018

    A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna
    Começou nesta segunda-feira (29), o VII Congresso Brasileiro de Informática da Educação (CBIE) com o tema Educação e Empreendedorismo. O evento acontece até o dia 1º de novembro, em Fortaleza (CE), e é promovido pela Sociedade Brasileira de Computação. São 600 participantes interessados em discutir, compartilhar e divulgar suas atividades e experiências no âmbito das tecnologias na educação.





    A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e área interna
    A União dos Dirigentes Municipais de Educação de Mato Grosso (Undime-MT) realizou na quarta-feira (24/10), no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios(AMM), o 3º Encontro de Gestores Municipais da Educação. Estiveram presentes sessenta e dois Dirigentes Municipais de Educação(DME) e cento e oito  técnicos da área em debates sobre a temática “Planejar a Gestão Municipal da Educação para 2019”. A iniciativa contou com o apoio e colaboração do Instituto Natura com especialistas da Plataforma Conviva Educação, da AMM, Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), do Conselho Estadual de Educação, da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme) e da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). O Presidente da instituição, Sílvio Aparecido Fidelis, disse que a programação do encontro incluiu palestras de temas importantes para a gestão da educação municipal. “Aqui discutiremos o regime de colaboração e planejar com a plataforma Conviva Educação, que é um sistema de gestão gratuito voltado ao dirigente municipal e equipes técnicas, a Implementação da BNCC e o Plano Municipal de Educação e o novo modelo de monitoramento e avaliação”. Ressaltou ainda que, "quem coordena essas ações educativas dentro dos municípios são os DMEs, é fundamental que os gestores municipais participem dos encontros e da troca de experiências promovidos pela UNDIME/MT e, levem essas discussões para os seus pares”.

    Baixe seu certificado e os arquivos, clique aqui


    Com valor menor, o último repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês será transferido aos cofres municipais na próxima terça-feira, 30 de outubro. Pouco mais de R$ 1,9 bilhão será partilhado entre as 5.568 localidades, considerando o desconto do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Sem essa retenção, o montante aumenta para R$ 2,3 bilhões. Leia mais


    22/10/2018


    Vídeo que esclarece dúvidas sobre os recursos recebidos por escolas selecionadas no âmbito do Programa de Inovação Educação Conectada, nos moldes do PDDE.
    Considero muito importante que os Conselheiros Escolares estejam atentos para garantir a melhor aplicação desses recursos que contribuirão para o acesso à Internet Banda Larga para toda a escola.

    Além disso, é importante pensar coletivamente em estratégias que utilizem a internet como uma eficaz ferramenta para a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem.